Follow by Email

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Um pouco sobre mim!

Depois de ver tanta coisa legal nos Orkut`s por aí, resolvi que escreveria um ‘Quem eu sou’ autêntico, sem citações de ninguém...só com minhas palavras!
Pois bem, eu sou a Virgília...Uma pessoa feliz! Feliz de verdade, e a felicidade plena só aconteceu  numa noite -  entre os meus 15 e 16 anos, quando numa  experiência  sobrenatural, Deus tirou o medo que eu tinha da morte.  Isso mesmo, eu não temo a morte e sei que quando ela chegar eu estarei totalmente segura. Podem acreditar!  Por isso,  eu celebro a VIDA todos os dias, vivo intensamente tudo que ela me propõe, cada oportunidade de trabalho, de lazer, de relacionamentos, por mais simples que tudo isso seja. Quem me conhece sabe, eu Vivo!
Sim...depois de muita dúvida sobre a minha vida profissional, numa bela tarde de sábado, sentada na simples e refugiante calçada da casa da minha mãe  em Cristópolis-BA,  cheguei a conclusão que deveria  jogar o curso de direito pro alto e enveredar-me para a área da Comunicação . Agora, depois de 7 anos, olho pra trás e vejo que  foi um “insight de Deus”.  Se 7 vidas eu tivesse, faria jornalismo em todas elas!
A minha mãe me ensinou desde pequena que ‘de tudo que eu tinha, o que eu jamais poderia perder era o temor ao Deus Criador’, no inicio não entedia, mas na experiência sobrenatural (dos 16, já falei acima), eu entendi que o que me dizia foi a coisa mais valiosa que uma mãe poderia dá ao filho, ela é demais. Minha irmã é minha inveja boa de todo dia...rs, queria  ter o Q.I. que ela tem, e não ia ter pra ninguém nessa Bahia (Aline, o que vc ainda faz em Cristópolis??Menina, o céu é seu limite, corra daí...hehe). Meu esposo é um  jovem animado, conversador,  brincalhão, super alto-astral...rs. Mentira, casei com o meu oposto (esses adjetivos são meus..rs). Apesar das nossas diferenças a gente no fundo se entende bem!..hehehe.
Sou amante da fotografia, mas sinto que só serei uma fotógrafa de verdade, quando eu parar de fazê-la por dinheiro e sim por paixão. Esperem eu passar num bom concurso!
Entre uma máquina de lavar roupas e um bom notbook, eu opto pelo notbook..rs. Entre um fogão e um HD Externo de 1 tera, o HD, com certeza. Entre uma pia de inox(última geração.kkk), rs, eu vou optar por uma mesa de escritório! Daí o fato do nosso gás de cozinha ser trocado a cada aniversário de casamento e a Nete (mulher que me fornece marmita ) me ama...rs. Amo a tecnologia e fico perguntando a minha avó, o que passava na cabeça dela quando ela tinha a minha idade em relação ao mundo tecnológico, ela diz que não tinha tempo pra pensar, pq tinha que pegar água na cabeça, capinar, plantar, colher. Fazer brasa para o ferro, pra depois passar a roupa... Aff, que dó que sinto da minha avó..rs
Gosto da cidade pequena. Mas estou sempre inventando um pretexto pra ir pras capitais, é lá que eu me encontro...teatro, cinema, praia e shopping é bom com companhia, mas se eu tiver sozinha, me divirto da mesma forma (Isso eu herdei da minha mãe). Não dependo de ninguém pra ir a lugar algum!!!
Quando andei de avião pela primeira vez, pensei..‘se esse vôo cai, eu vou virá notícia nacional’. Quando andei pela segunda vez, pensei no quanto era ruim ser pobre e não ter expectativa de quando andaria novamente. Quando andei na terceira, minha mãe estava do meu lado (altas turbulências) e eu disse pra ela, “calma mãe, é normal”, mas não estava normal, no fundo eu pensei novamente que eu viraria notícia nacional, dessa vez capa da Veja..rs. Mas, quando foi na quarta vez eu tive certeza, essa é a quarta de muitas viagens que virão (isso foi esses dias, estava em Salvador, e me mandei pra Goiânia – com direito a cochilo e tudo). Pobre já pode voar na boa...rs!
Ainda vou rodar o mundo sem compromisso com nada, onde a única ordem a ser obedecida será: Vai e viva, conheça, mergulhe, aprenda, registre... Mochilão nas costas, máquina fotográfica nas mãos e muitas paradas em lindos lugares, dormir em albergues e realizar meu sonho de conhecer outros povos, outras culturas, outras línguas, outras tradições. A criação de Deus é linda demais para que eu me limite a apenas um país. Que cheguem logo esses dias. Ah, ainda não conversei oficialmente com meu marido sobre isso...
Depois de 28 anos no sedentarismo, finalmente eu resolvi movimentar-me. Pago academia cara, pq sei q se eu pagar mais barato eu falho e não vou. É pressão financeira mesmo!Nessa brincadeira acabei de perder 23 kg e estou morando praticamente na academia de tanto que vou lá.
Já fui assinante da Caros Amigos, mas hoje eu leio Veja..rs! Ainda  não defini a minha posição política..esquerda ou direita. Só sei que odeio a corrupção, acredito que os maiores bandidos estão  nos representando de paletó e gravata,  nas prefeituras e plenários da vida. Não acredito em partidos políticos, porém, acredito nas pessoas (poucas pessoas).  Sou baiana e acho linda a frase ‘aqui tudo começou’, lamento a miserabilidade que vive o nosso povo nordestino,  e não entendo o porquê de tanta miséria se somos tão rico em recursos naturais. Ah detesto o preconceito que sofremos!
Defendo o meio-ambiente, sou voluntária em uma ONG. Acredito que enquanto a mulherada tiver parindo só pensando na carinha bonita do bebê, sem pensar no passivo ambiental que cada PESSOA gera ao planeta, a situação só tende a piorar. A minha teoria é essa:  quanto mais pessoas na terra, mais as indústrias de consumo crescem -  quanto mais indústrias produzindo,  mais energia é gasta, mais poluição dos rios, escassez da água, menos árvores (haja árvore pra tanto berço, cama, mesa, etc), mais lixo, mais enchentes, mais, mais, menos, menos...desastre ecológico é o homem que faz.
Ah, pra finalizar vou falar pela milésima vez..Não pretendo ter filhos e um dos motivos é sim a questão ambiental! Mas se por acaso, o remédio perder o efeito. Aí sim, vou ter que optar por uma boa máquina de lavar ao envés do melhor HD, pois sinceramente, usar somente fraldas descartáveis, numa época de tamanha crise ambiental é ilógico e não faz parte dos meus planos. O Meio ambiente perde socorro!!!!
Bjão..só falei coisas boas, um dia eu posto algo sobre os meus defeitos...
Aí vou perder todos os meus contatos das redes sociais...(rs...brincadeira, vamos deixar os defeitos  queitinhos).

Um comentário: